Sempre Zen

 “Certa tarde de outono, o mestre Ikyyu vagueava
pelos campos, levando consigo um a flauta de
bambu. Um eremita, ao vê-lo perguntou :
– Quem és tu ?
– Sou um peregrino que segue para onde sopra o vento. Tencionando pô-lo em apuros o eremita
perguntou :
– E quando o vento não sopra?
– Então sopro eu – Respondeu Ikyyu
começando a soprar na sua flauta.”

Provérbio Zen

Anúncios
Esse post foi publicado em Frases. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s